Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Um passarinho me contou

Imagem
Um passarinho me contou que andara me observando nos últimos dias. Ele disse que notou um padrão em mim – que eu mesma não havia percebido. Por isso, achou melhor dar uma palavrinha comigo, mesmo que não estivéssemos em um conto de fadas em que os animais falam, e aí acrescentou:  “Depois você vai achar que estava sonhando, então tudo bem!” Então desatou a falar. Ele disse que, cada vez que eu fazia algo com confiança, era tomada por uma alegria que irradiava. Era como se houvesse uma aura colorida em volta de mim e, sempre que isso acontecia, os meus dias fluíam de forma mais leve. Eu desempenhava o resto de minhas tarefas com um sorriso no rosto, mandava mensagens para os amigos dando mais risadas e até assistia às minhas séries de sempre com mais vontade. As coisas, por menores que fossem, me contagiavam – e o dia passava de forma diferente. Mesmo que eu fosse dormir pensando que não,  as últimas horas tinham sido especiais e eu nem me dava conta disso. Depois, ele falo

Quem te quer bem

Imagem
Não gosto de receber notícias suas e saber que você não está legal. O que acontece é que, mesmo com a situação do nosso amor, com o ponto final e o adeus, consigo te visualizar como o ser humano que você sempre foi – sem voltar a pensar em nós dois juntos. É diferente e eu diria, sem modéstias, que é também bastante maduro da minha parte. Porque, de longe, te enxergo despido de tudo que vivemos, a essência daquilo que você sempre foi e que eu tanto admirei. Posso não ter dito tantas vezes quanto gostaria, mas sempre te achei uma pessoa incrível – de verdade. Cheio de qualidades e com um coração muito bom e sensível, por mais que houvesse um escudo que chegava a ignorar até o frio.  “Ele é psicológico”, era o que você dizia, enquanto permanecia de camiseta fresquinha em pleno inverno. Eu respondia que você era doido e a gente só dava risada. Mas, por trás daquilo, havia muito… e eu sabia disso. Você sempre esteve ao meu lado quando precisei, lembra? Na verdade, você era so

Quando te vejo

Imagem
Quando eu te vejo, me dá vontade de sorrir. Com os lábios, olhos e alma. Um sorriso como se houvesse só eu e você no mundo e que me faz esquecer que ontem foi horrível. Quando eu te vejo, as borboletas do estômago batem as asas tão forte que eu quase saio do chão. É, mesmo depois desse tempo, elas continuam aqui, fazendo alvoroço até quando eu não quero. Quando eu te vejo, o dia ganha um novo sentido. Como se você assegurasse que, mesmo se algo der errado, ficará tudo bem. Quando te vejo meu dia nublado e cinza ganha cor... Quando eu te vejo, ganho paz. Até quando parece que o mundo vai desabar nas minhas costas sem dó de me esmagar. Quando eu te vejo, minha cabeça volta para o lugar e, então, consigo definir as melhores decisões. A mente nebulosa abre espaço para uma centrada. Você me põe no eixo. Somos mais que namorados, somos amigos confidentes palhaços... Quando te vejo da vontade de parar o tempo só ali na gente naquele momento, ou simplesmente adiantá-lo para realizarmos to

Ela pertence a ela

Imagem
Ela sempre foi dona de um sorriso incontrolável, sempre uma pessoa meiga alegre sonhadora, uma moça normal, mais tinha um defeito enorme, tinha dedo pobre pelas suas paixões , ela era intensa de exageros, se entregava mergulhava fundo em pessoas tão rasas. Por este defeito sofreu muito, levou tantas rasteiras da vida, ficou com coração partido, prometia nunca mais se apaixonar, mais bom, quem é que manda no coração afinal... Volta e meia estava com novas paixões, acho que ela tinha um certo medo de ficar sozinha. Hoje em dia ela é feliz com cada mau pedaço que já passou, aprendeu um pouco com cada um, cresceu, mudou pra melhor é claro, agora ela parou de brigar com o coração de querer entender o porquê desse defeito, afinal ela sempre saiu ganhando, ninguém morre por um coração partido, apenas cresce, vira aprendizado, quem saiu perdendo foi quem não soube dar valor, foi quem não a soube amar como ela merecia. Agora ela encontrou o amor próprio, e aquele sorriso enorme que sem

As pessoas mudam

Imagem
As pessoas mudam. Tive várias oportunidades de aprender isso ao longo da vida, mas nem uma vez sequer deixei de me surpreender ao perceber uma mudança. Tanto em mim quanto nos outros. Tive um namorado que após terminarmos passou a fazer absolutamente tudo que eu havia lhe pedido durante o namoro. E que nunca fez comigo, diga-se de passagem. Eu podia jurar que ele havia feito uma lista! Da marca de roupa que ele usava ao esporte que praticava tudo havia se transformado no exemplo vivo do namorado que eu gostaria de ter. Mas não comigo. Fiquei indignada, afinal, se não lhe custava nada seguir meus conselhos (e até gostava deles, pelo visto) porque não havia se esforçado pra mudar enquanto estava comigo? Juro como nunca havia entendido o porquê e confesso que, no fundo, o que eu queria era uma espécie de reconhecimento. Eu queria ouvir que estava certa o tempo todo. Maldito ego. Por incrível que pareça, notei que esse fenômeno se repetia em praticamente todos os relacionamentos que

Amor é circo

Imagem
Respeitável público! Por favor, queiram voltar para as suas casas. O espetáculo de hoje foi cancelado. O circo será fechado por tempo indeterminado. Algo de muito estranho vem acontecendo embaixo dessa lona. Dizem que o tal do amor passou por aqui e, desde então, ninguém mais se entende. O trapezista se encantou pela assistente do mágico e agora já não consegue mais se equilibrar. O mágico se diz encantado pela contorcionista. Da sua cartola já não sai mais nenhum coelho. A contorcionista anda se esquivando para o lado do palhaço. O coitado já não faz mais ninguém sorrir, desde que a domadora saiu do elenco. Agora, para ele, o amor é uma grande palhaçada. A mulher que cospe fogo colocou o coração do malabarista em chamas. O rapaz da bilheteria não consegue tirar os olhos da mulher barbada. O homem das facas ameaçou cortar os próprios punhos. O motoqueiro do globo agora tem medo da morte. É como dizem por aí: o circo está pegando fogo. É tanta gente tentando se encontrar no outro. É t

Era uma vez

Imagem
Era uma vez o dia em que todo dia era bom, delicioso gosto e o bom gosto das nuvens serem feitas de algodão, dava pra ser herói no mesmo dia em que escolhia ser vilão, e acabava tudo em lanche, um banho quente e talvez um arranhão. Dava pra ver a ingenuidade, a inocência cantando no tom milhões de mundos e universos tão reais, quanto a nossa imaginação bastava um colo, um carinho e o remédio eram beijo e proteção, tudo voltava a ser novo no outro dia sem muita preocupação. É que a gente quer crescer e quando cresce quer voltar do início porque um joelho ralado dói bem menos que um coração partido. Da pra viver mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mal, é só não permitir que a maldade do mundo te pareça normal pra não perder a magia de acreditar na felicidade real, e entender que ela mora no caminho e não no final. Não podemos deixar a criança que habita dentro de nos morrer, é tem dias que é complicado mesmo tudo parece desandar parece que aquela tempestade nunca ira ter

Fomos felizes

Imagem
Nós já fomos muito felizes. Você se lembra? Antes das brigas, dos problemas, antes de tudo. Fomos sim. Hoje em dia nossas memórias desfilam em minha mente como um filme antigo. Eu me lembro de como começou, de algumas cenas importantes e daquele final trágico. É tão estranho pensar que aquele casal que tanto se gostou, tanto fez planos, agora não passa de meros desconhecidos. Nós passamos por todas as fases de um término de relacionamento. Primeiro aquele momento quase insuportável de ter que colocar fim em algo que planejamos ser pra sempre. Não é fácil lutar contra o misto de sentimento de posse, carência e saudade. Depois a gente tentou de novo. E de novo. E de novo. Tentamos porque sempre existe aquela esperança de que o outro vai mudar. É como quem gira duas peças de partes distantes de um quebra-cabeça para encontrar uma forma delas se encaixarem. Não acontece. Nunca mais será como antes, mas a gente demorou um bom tempo até nos darmos conta disso. Depois vem aquela apunhalada

Complicadinha eu?

Imagem
Não entendo o porquê me chamam de complicada e não conseguem me entender. As pessoas não entendem meu jeito quieto e reservado ora sim ora não, acham que vivo me escondendo, fingindo ser quem não sou, que sendo assim não sou feliz que tenho que mudar, às vezes também sou um pouco doida falo disparadamente converso articulando dou gargalhadas sem motivos e falo alto, depende a lua em que me encontro, nova ou minguante . Dizem que sou metida e antipática, mais bom sou apenas alguém que gosta de se cuidar e que não sabe ser fingida, se gosto eu gosto, se não gosto não fico dando meios sorrisinhos. Não entendem que eu gosto de cantar, mesmo não tendo voz haha e gosto de dançar mais somente pra mim mesma dentro do meu quarto do meu mundinho.   Elas não entendem que sou feliz assim magrinha usando minhas saias ate o pé, acham ate que mudei de religião haha que tolos, apenas gosto de me vestir feminina ser meiga nem que seja no jeito de vestir, porque sei ser grossa também, oh se sei, co