Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

Abrace

Imagem
“Os abraços foram feitos para expressar o que as palavras deixam a desejar” gosto dessa frase, pois é bem assim mesmo quando as palavras somem os abraços falam por nós. Quanto silêncio acompanha um abraço, e quantas coisas são ditas através dele... Eu sou viciada em abraços, e olha que existem vários tipos de abraços, têm aqueles rápidos que parecem estrela cadente, abraços de felicitações, os longos e demorados, os apaixonados, os que curam, por exemplo, os de mãe depois daquele tombo de bicicleta que esfolou o joelho todo, aqueles que acalmam a saudade e a gente quer morar ali dentro pra nunca mais sentir saudades, tem também aqueles frios, é que tem pessoas que ainda não aprenderam o quão poderoso é um bom abraço, tem também os abraços sem motivos apenas senti vontade de abraçar e pronto , mas os que mais sou viciada é naqueles fortes cheio de sentimentos demorados e que vem sem eu pedir, aqueles de moletom também amo fica tão fofinho haha, abraço bom mesmo é quando se tem o enc

Não quero namorar para ficar louco, quero alguém para meter o louco comigo

Imagem
É isso. Eu gosto bastante da minha vida de solteiro. Com ela posso aproveitar os meus amigos, posso viajar para qualquer lugar do mundo quando bem entender, posso tomar uma cerveja gelada em plena segunda-feira e voltar pra casa a hora que quiser, posso conhecer novas pessoas todos os dias, sem cobranças, sabe? Mas eu também não estou solteiro por acaso. É que eu já tentei demais, já me entreguei demais, já perdi muito tempo da minha vida desperdiçando amor nas mãos das pessoas erradas. E chegou uma hora que eu cansei de ver o meu coração batendo em vão, e resolvi deixar ele bater para manter a vida do meu amor próprio. Não é que desisti de namorar. Mas se for para ser, que seja com alguém que venha para meter o louco comigo. É isso mesmo. Não quero me relacionar com alguém que vai me fazer cair na rotina logo no primeiro mês. Se for para chegar, que chegue uma pessoa disposta a fazer barulho, a bagunçar as coisas por aqui; alguém que me ofereça intensidade ao invés de eternidad

A difícil missão de encontrar a tampa da sua panela

Imagem
Passamos boa parte do tempo procurando a nossa tampa perdida; aquela pessoa que vai chegar de repente e se encaixar como se tivesse sido feita para você. Alguém que goste das mesmas músicas, que tenha lido os mesmos livros, que tenha amigos em comum – se possível… Enfim, que seja uma pessoa pronta para se acomodar na vida que você já está acostumado a levar. O que acontece é que, na verdade, este é um dos principais motivos de tantas panelas ainda estarem vagando abertas por aí. A tampa da sua panela não precisa ser exatamente do mesmo tamanho seu. Sabe quando a sua mãe pede para você tampar aquela panela de arroz, e você pega uma tampa menor e vai se apoiando nas beiradas até tampar uma boa parte? É isso. Com as pessoas que estão dispostas a oferecer amor, acontece exatamente a mesma coisa. Pode ser que você não encontre alguém com os mesmos gostos musicais que o seu, que assista as mesmas séries, ou que tenha lido os mesmos livros… Mas também pode ser que você encontre algué